Menu Kids

Durante a semana, tenho o hábito de preparar o almoço para minhas crianças e para mim, e então chega o final de semana, e com ele, um merecido “descanso” da cozinha…

Damos a preferência por restaurantes com espaço kids, pois aí temos, o marido e eu, a oportunidade de comer com mais tranquilidade. E aí o restaurante tem espaço kids \o/ , mas o Menu kids é aquele clássico: hamburguer com batata frita, ou massa com parmegiana, nuggets com arroz…

Imagem do site guiafolha
Imagem do site guiafolha

Vou para comer em paz, mas fico com a consciência pesada, já que as opções kids são pouco nutritivas. A única chance de oferecer um prato mais equilibrado é frequentar os restaurantes tipo buffet, mas lá se vai a oportunidade da mamãe comer algo diferente, a la carte, num ambiente mais acolhedor.

Fomos neste fim de semana a um restaurante fast food que tem menu kids, aquele de verdade (dificil de achar por aí), com arroz, feijão, carne, vegetais ou salada, batata frita ou purê de batata…

GiraPrato-principal

Legal, tem apelo visual e dividimos um prato para meus dois filhos e ainda sobrou!! “Ah, mas tem batata frita”. Tem, e não proíbo meus filhos de comerem batata frita, mas que não seja só isso no almoço. Que acompanhe alimentos com valor nutritivo, que tenha fibras e vitaminas… Não só fritura e carboidrato. Se em toda ocasião tivermos de abrir uma excessão (hoje é dia de festa, é sábado, é domingo, dia de visita)… não há educação alimentar saudável que resista.

Agora vou sonhar um pouco, rs,  com mais restaurantes também preocupados com a qualidade do que servem aos pequenos, uma vez que o valor cobrado para um prato kids é praticamente equivalente ao valor do prato adulto. Não sei exatamente qual é o calculo feito do per capita, para até que idade é esse prato kids. Fato é que sempre é uma porção muito grande para uma criança de 6 anos… A porção poderia ser menor e com um precinho mais bacana (agora devo estar mesmo delirando! rs).

Mas para valer o que pagamos, que tal se incluíssem uma porção de panachê de legumes?? As cores tornam o prato mais atraente e mais saudável!

Imagem do site : paneloterapia
Imagem do site : paneloterapia

Existem hoje muitos legumes congelados  que podem ser preparados na hora, em pequenas porções. Ou, em poucos minutos, pode-se preparar legumes frescos ao vapor.

As cenourinhas baby cruas ou cozidas para comer com a mão são uma boa opção

baby-carrots

 Ou abobrinhas grelhadas em palito…

20-Delicious-Zucchini-Recipes-The-Happy-Housewife

O mix de ervilhas com milho verde – mas as versões congeladas, que não tem conservantes e sódio adicionado:

mix

 

Brocolis no vapor:

kid-broccoli

e mais fácil ainda, tomatinhos cereja…

Imagem do site eugourmet.wordpress.com
Imagem do site eugourmet.wordpress.com

Claro que não é necessária uma super mega produção no prato. O fato de ser colorido já é atrativo e aumenta a aceitação. Fica a dica para os restaurantes: invistam na consciência das mamães e na saúde dos pimpolhos! rs

Autora: nutricionista Karen Dykstra Carmona