Rotavírus e alimentação

Quem nunca teve uma gastroenterite ou piriri ou infecção com rotavirus, enquanto esteve viajando?? E na praia, quem nunca?

O que de fato acontece para que nossas férias deixem de ser tão prazerosas??

Existem 7 sorotipos diferentes de Rotavirus, porém somente 3 infectam o homem e causam gastroenterite aguda. A transmissão geralmente ocorre via FECAL-ORAL (isso mesmo, comemos/tomamos “coco”), pelo contato direto entre as pessoas contaminadas, por utensílios, brinquedos e ÁGUA contaminados.

Infelizmente muitas cidades litorâneas não conseguem tratar todo o volume de esgoto produzido na época de temporada. Esgoto não tratado e muita gente usando o mar como banheiro público… argh!!! Imaginou na quantidade de microrganismos que você ingere num golinho de água??

Aí alguém da família pegou o tal Rotavirus e o efeito dominó começa. Primeiro filho 1, depois filho 2 enquanto você também começa com os sintomas… daí o resto da família sucumbe… penso que deve essa é uma infecção solidária…

Os sintomas mais importantes:

Imagem do site bemnutri.com.br
  • Diarréia aguda, aquosa e muitas vezes, explosiva.
  • Vômitos.
  • Febre e mal-estar.
  • Coriza e tosse (as vezes).
  • Desidratação nos casos graves (pode ser fatal).

Recomendações

* Lave as mãos cuidadosamente e com freqüência, especialmente depois de usar o banheiro e de trocar as fraldas das crianças, antes das refeições e quando for preparar os alimentos;

* Desinfete todas as frutas e verduras que serão consumidos crus. Saiba como fazer isso no nosso post: Desinfecção de frutas e verduras.

* Use água tratada para beber e também no preparo dos alimentos;

* Mantenha sempre bem limpos os utensílios de mesa e os que são usados na cozinha;

* Lembre-se de que o soro caseiro e os produtos equivalentes contêm sais minerais importantes para reidratar o paciente não encontrados na água pura;

Imagem do site: saude.culturamix.com

* Procure o médico tão logo a criança apresente episódios de diarréia aguda.

 

QUE ALIMENTOS OFERECER OU NÃO DURANTE UM QUADRO DE DIARRÉIA?

SIM:

  • Ofereça sempre pequenas porções de comida e bebida.
  • Soro caseiro, bebida isotônica, água de coco para repor eletrólitos.
  • Maça sem casca e suco de maça ajudam a conter a diarréia, pois contem pectina, um prebiotico que ajuda na reconstrução da flora intestinal.
  • Arroz branco, torradas e alimentos pouco gordurosos são os mais indicados.
  • Lascas de gelo podem ser alternativas interessantes para crianças com dificuldades de ingerir liquido.
  • Leite materno para lactentes.

NÃO OFEREÇA

  • Frutas cítricas, muito ácidas.
  • Leite e laticínios (queijo, iogurte, requeijão, creme de leite) – eles podem intensificar os problemas e estimular a produção de muco.
  • Especiarias (ex: pimenta) que possam irritar o revestimento gástrico.
  • Alimentos com muitas fibras como cereais integrais, vegetais e frutas com casca,
  • Alimentos fritos ou com adição de gorduras,
  • Alimentos que provocam gases e desconforto abdominal como feijão, etc.
  • Chocolate e outros doces que também tenham gorduras
  • Algumas bebidas também devem ser evitadas como bebidas alcoólicas, café e bebidas com cafeína porque são diuréticas e podem levar à desidratação.

 

TRATAMENTO

Não existem medicamentos específicos para combater a infecção por Rotavírus.

Os quadros leves são autolimitados: a infecção dura alguns dias e regride. Os mais graves estão associados à desidratação e podem ter complicações fatais.

Sempre mantenha-se hidratado em casos de infecções alimentares e procure um médico, sempre que possível.

Neste verão, cuide bem da alimentação, da higiene ao preparar os alimentos e da água que bebe/cozinha!!

E principalmente, descanse e curta muito!!!

Imagem do site: t-udosobrenada.blogspot.com

Autora: Karen Dykstra Carmona

Referências:

KARMEL, A. O Livro essencial da alimentação infantil – receitas deliciosas e respostas para as dúvidas mais comuns. Sao Paulo: Publifolha, 2010.

Site do Ministério da Saúde. Disponível em: <http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/leia-mais-o-ministerio/758-secretaria-svs/vigilancia-de-a-a-z/rotavirus/11436-perguntas-e-respostas>. Acesso em 11 de dezembro de 2014.

Infecção por Rotavírus. Disponível em: http://drauziovarella.com.br/crianca-2/infeccao-por-rotavirus/. Acesso em 11 de dezembro de 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *